guanito

Olá caros visitantes do “Marafações de uma Louletana”. 

Este ano, o Município de Loulé escolheu agraciar um conjunto de louletanos que de alguma forma contribuíram para a implementação da democracia local após o 25 de Abril de 1974. Uma dessas personalidades foi João dos Santos Simões ou o “guanito” /”gónito” como os louletanos simpaticamente lhe chamam. 

João dos Santos Simões nasceu em 1940. Cedo abandonou os estudos, começando com apenas 12 anos a a trabalhar numa tipografia, profissão que mantém. 

Na juventude teve um papel activo na dinamização de vários grupos desportivos. Praticou futebol, engrossando os quadros da equipa sénior do Louletano, carreira que interrompeu pela obrigação do serviço militar, integrando uma missão em Angola, entre 1961 e 1963. 

Regressado a Portugal, retomou a profissão de tipógrafo mas, posteriormente, emigra para a França onde permanece até 1966. Nesse mesmo ano volta à Tipografia Comercial e retoma a actividade desportiva. Algum tempo depois integra a direcção do Louletano Desportos Clube. 

Em 1971 torna-se sócio da Tipografia Comercial.

Após o 25 de Abril de 1974 é convidado para a Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Loulé. Nas primeiras eleições é eleito na coligação FEPU para o mandato e voltaria, mais tarde, a fazer mais dois mandatos como vereador pela APU. 

Após a sua passagem pelas funções autárquicas, fomenta o movimento para a criação da Zona Industrial da cidade de Loulé. 

Em 1984 é feita uma sociedade com mais quatro sócios que lidera e desenvolve a empresa Gráfica Comercial até à actualidade. 

Hoje é vice-presidente do Louletano e membro da direcção nacional na APIGRAF. 

Politicamente mantém-se independente de qualquer filiação partidária.

João dos Santos Simões foi agraciado com a Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro. 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *